enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Experiência de 30 anos conta a favor de João Carlos Vialle

  • Por Rodrigo Sell

Foto: Valquir Aureliano/O Estado

João Carlos Vialle conta com a experiência para acertar o Coritiba.

Um cartola que sente o cheiro do ?zig?. E de encrencas também, por que não?

A promessa de João Carlos Vialle, novo coordenador de futebol do Coritiba, de acompanhar o elenco de perto está sendo cumprida. Logo na apresentação dos jogadores, ele reuniu todos para um papo reservado e vai deixando tudo em pratos limpos com o grupo alviverde. Quer dedicação e profissionalismo de todos e não vai tolerar indisciplina, a não ser que, em campo, o jogador ?resolva?. Além disso, terá a companhia de Maurício Cardoso para resolver problemas ?extra-campo?, ou seja, ficar de olho nos saidinhos.

?Já disse para os jogadores que a escola da malandragem que eles frequentam, eu fui um dos fundadores quando eles não tinham nem nascido e, por isso, vamos conversar na língua deles?, avisa Vialle. Isso quer dizer que reuniões serão feitas freqüentemente entre o dirigente e o grupo de atletas. ?Tive uma conversa rápida com eles e vou falar com eles no meio-de-campo, longe da comissão técnica, para evitar que haja divisões no plantel, porque não vamos aceitar isso e, à medida que os problemas forem aparecendo, vamos procurar resolvê-los?, aponta.

Segundo ele, que tem mais de 30 anos de experiência no futebol, a falta de profissionalismo é o pior que pode acontecer com um atleta. ?O jogador tem que entender que hoje está numa grande equipe e, se sair à noite, vão estar vigiado pelos torcedores do Coritiba.

Eu não me importo com isso desde que ele, em campo, faça dois, três gols?, destaca. Assim, para Vialle, o recado está dado. ?O jogador tem que saber se preservar, tem que estar bem condicionado e sabe que a noite prejudica. Isso tudo é importante, mas o fato dele sair é uma coisa natural?, alerta.

Um dos exemplos que ele cita é o do meia Osvaldo, campeão em 1989. ?Disseram para mim que ele gostava de tomar cerveja. Aí eu perguntei se ele jogava bola e acabou sendo um grande sucesso no Coritiba?, relembra. Outro caso famoso no Alto da Glória é do atacante Zé Roberto. ?Uma vez ele não compareceu ao embarque. Achamos ele, que falou ?nesse jogo vou fazer dois gols?. E meteu dois gols mesmo, foi 2 a 1 para o Coritiba contra o Atlético-MG. Nessa situação você tem que ficar de boca fechada?, finaliza.

Juliano é o décimo reforço

O Coritiba confirmou ontem a contratação do meia Juliano, que disputou o Campeonato Brasileiro da Série B pelo Ituano. Ele é o décimo reforço do Alviverde para a temporada 2007 e a diretoria promete apresentar mais dois na terça-feira, após as festas de final de ano. Estão bem encaminhados um atacante e um lateral-esquerdo, que podem ser Finazzi e Edinho, mas o clube não quis confirmar essas possibilidades. Enquanto isso, o técnico Gilberto Pereira já iniciou os trabalhos com bola no CT da Graciosa.

?O Juliano chegou hoje (ontem), realizou os exames médicos e físicos e já assinou o contrato?, revelou o coordenador de futebol João Carlos Vialle. O novo reforço é mais um dos que foram observados ao longo do ano pelo consultor Will Rodrigues na Segundona e vem bem recomendado. ?Além do Juliano, na terça-feira chegam mais dois, um atacante e um lateral-esquerdo?, antecipa o dirigente. Ele só não quis entrar em detalhes, mas os nomes mais fortes continuam sendo o de Finazzi (ex-Fortaleza) e Edinho (ex-Paraná Clube).

Quanto a Juliano César Koagura, a contratação já vinha sendo tentada há alguns dias e acabou se confirmando ontem, após a chegada dele ao Alto da Glória. Jogador versátil, habilidoso e com facilidade para chegar ao ataque, ele será a aposta inicial do técnico Gilberto Pereira para criar as jogadas da equipe nesse início de temporada 2007. Aos 27 anos, com 1,75 metro e 63 quilos, o paulista de Ribeirão Preto já passou por Comercial, Sport, Santo André, Vitória, Ituano, Juazeiro, Ceará, Caxias e Widzew Lodz/POL.

Ao mesmo tempo que o décimo reforço se apresentava, o treinador coxa já colocava a equipe para trabalhar com bola. Nada demais nessa fase de exames médicos e físicos, mas o suficiente para o novo elenco do Coritiba apresentar as primeiras credenciais à comissão técnica. Hoje, o grupo volta aos exames pela manhã e, à tarde, é dispensado para as festas de final de ano.

A reapresentação e concentração para o Campeonato Paranaense, num hotel da região, está programada para a terça-feira, no CT.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas