Baronette foi a sensação da noite de quinta-feira. O crioulo do Haras J.B.Barros, defendendo as cores do Stud Mandrake, de Ricardo Slaviero, venceu de ponta a ponta a Prova Especial Francisco Castellano Neto, derrotando Blue Deep, que voltou correndo bem, com autoridade, com Herrenrasse mais atrasado na terceira colocação. Apresentado em boa forma por Ivo Oliveira, o filho de Burooj e Noble Bride, recebeu tranqüila direção de Jorge Ayarza, assinalando uma das melhores marcas da noite, 1?35″5.

Outra prova que ganhou importância pela justiça da homenagem foi o Prêmio Justino Parolin, que marcou a vitória Lundie, depois de brigar com Manhattan durante quase todo o percurso. No final, com boa ação, a pilotada de Raphael Paloma destacou-se daquele rival., com Rock Exterminador na terceira colocação. A pensionista de Luís Veríssimo é de criação e propriedade do Haras Santa Maria de Araras.

Provas complementares

Antes de apresentarmos considerações sobre as demais provas, desejamos destacar que apesar da chuva, que deixou a raia encharcada, o movimento de apostas, atingindo a soma de R4 154.578,00, foi bem melhor do que aqueles registrados nas reuniões anteriores.

Ungida, de criação e propriedade do Haras Xará, com E.G.Cruz, venceu a prova de abertura , defendendo-se no final do ataque de Ali Queen, com Pianista de Ouro perto na terceira colocação.

Last Won venceu a segunda prova. Depois de dura com Gazapa, o defensor do Stud Nanda e Nino, livrou um corpo de vantagem, sob a direção de Z.M.Rosa. Welike estreou com bom terceiro.

Odalisca Di Glory, de criação e propriedade do Haras Curitibano, confirmou seu grande favoritismo. Dirigida por A.M.Souza, ganhou oito corpos de Jean Genet, com Ubauna na terceira colocação.

Tremendous marcou nova vitória de A.M.Souza, defendendo a farda Haras Águia de Prata, que também é seu criador. Venceu por mais de um corpo, apesar da boa atuação de Javanais, com Guri Maroto na posição imediata.

Xalapenho, de criação e propriedade de Gianni Franco Samaja, confirmou seu grande favoritismo. O pilotado de Luciano Xavier, porém, teve que ser exigido a fundo para derrotar o estreante Salustiano, com Grand Júlio atrasando-se para terceiro.

Gero, de Luiz Fernando Xavier de Souza, estreou com vitória na penúltima prova, dirigido por V.R.Sousa. Golden Goal formou a dupla, com Señor de Sipán em bom terceiro.

Embolado, do Stud Maggiore, surpreendeu na prova final da noite, marcando a primeira vitória do aprendiz Edson Gomes da Silva. Atropelou forte na fase decisiva da corrida, para dominar Otter Rock. Nerone Di Bond chegou perto na terceira colocação.