O atacante Fred passou nesta quinta-feira por uma ressonância magnética para avaliar a contusão que sofreu na noite anterior, durante o jogo do Fluminense contra o Uberaba, no interior mineiro, pela Copa do Brasil. E, segundo o médico do clube carioca, Michael Simoni, o exame detectou que o jogador sofreu uma “lesão incomum”, deixando-o ainda sem prazo para voltar a jogar.

O exame apontou que Fred teve um estiramento grau dois no músculo íliopsoas, localizado no quadril. “É uma lesão incomum. Não tem a mesma gravidade daquela que o jogador sofreu na virilha, que já está 100% curada, mas inspira cuidados”, explicou Michael Simoni, confirmando que o atacante não poderá jogar no domingo, quando o Fluminense enfrenta o Resende pela Taça Rio.

“Fred já está em tratamento intensivo e ficará em repouso absoluto nas próximas 72 horas. Somente após esse período é que voltarei a reavaliá-lo”, explicou o médico, sem querer prever um prazo para o retorno do jogador. O trabalho agora é para que o atacante esteja em condições de disputar a semifinal da Taça Rio, no dia 10 ou 11 de abril, caso o Fluminense se classifique.