enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Ex-jogador Emerson sai da comissão técnica do Grêmio

O técnico Vanderlei Luxemburgo permaneceu no comando do Grêmio após a eliminação nas oitavas de final da Copa Libertadores, mas perdeu um dos seus auxiliares. Nesta terça-feira, o ex-jogador Emerson Rosa se desligou do clube gaúcho e alegou razões pessoais para deixar o cargo de auxiliar técnico.

“É uma decisão difícil de ser tomada, pois meu vínculo com o clube é muito grande. Mas tenho minha família em Pelotas e o projeto do Fragata (clube armador de Emerson), no qual investi bastante e não estou conseguindo conciliar com os compromissos que tenho aqui. Não se trata de um adeus, mas é um até breve”, disse Emerson, que aproveitou a despedida para fazer um agradecimento a Luxemburgo, ao ex-presidente Paulo Odone e ao atual mandatário do clube, Fábio Koff.

“Sou muito grato ao professor Luxemburgo, que abriu esta oportunidade pra mim, assim como ao Grêmio, nas pessoas do presidente Paulo Odone e do presidente Fábio Koff, que me viu crescer aqui dentro. Sem dúvida, esta experiência é de muita valia para o meu futuro profissional. Tinha a experiência apenas como jogador, mas é importante conhecer como as coisas funcionam do outro lado”, explicou.

Como jogador do Grêmio, Emerson participou da conquista do título da Copa Libertadores de 1995, do Campeonato Brasileiro de 1996, das Copas do Brasil de 1994 e 1997 e dos Campeonatos Gaúcho de 1995 e 1996.

Rui Costa, executivo de futebol do clube, elogiou o trabalho do ex-jogador, que era auxiliar técnico no Grêmio desde março de 2012. “Desejo muita sorte ao Émerson nesta nova caminhada. Lamento sua saída neste momento, mas respeito sua decisão pessoal. As portas do Grêmio sempre estarão abertas pra ele”, afirmou.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas