enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Estrangeiros bem na “praia” de Londrina

  • Por Redação Tribuna Do Paraná

Londrina – O calor ainda é um forte adversário para as duplas estrangeiras, mas já não tem mais o status de quase imbatível. Ao menos para os atletas que têm jogado com mais constância o Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia. A alta temperatura na arena não impediu que noruegueses e chinesas conquistassem bons resultados ontem, no primeiro dia de qualifying da etapa de Londrina, a primeira da temporada.

O norueguês Kjenperud, que durante oito anos jogou ao lado de Hoidalen e já havia disputado o circuito no ano passado, estreou nova dupla com o compatriota Tarsei. No entanto, as duas vitórias do dia, por 2 a 0 sobre Rodrigo/ Leandro (18/10 e 18/12) e Oscar e Xande (18/10 e 18/14), não mascararam o desgaste provocado pelo sol. "Somos noruegueses e sentimos muito, mesmo tendo treinado por três semanas no Rio de Janeiro", admitiu Kjenperud.

A preparação da dupla visa à etapa da África do Sul do Circuito Mundial, em maio. Mas a intenção deles é voltar para o terceiro torneio do Circuito Banco do Brasil, em Campinas.

"O Tarsei é muito técnico, sempre pensei em jogar com ele. E o Circuito Banco do Brasil tem um nível muito alto, o que é bom para nos entrosarmos. Gostaria que houvesse algo parecido na Noruega, com essa organização e esses jogadores", elogiou.

Se Kjenperud sente o calor, o mesmo não se pode dizer do seu compatriota Pettersen. Morando no Rio de Janeiro há sete meses e casado com uma brasileira, o jogador já não se preocupa mais com a temperatura. Formando dupla com Horren, foram duas vitórias, sobre Matheus e Gabriel por 2 a 0 (18/6 e 18/11), e Paulão/Parazinho por 2 a 1 (18/11, 12/18 e 15/ 10).

Já as chinesas Zhang Ju e Zhang Jingting venceram por 2 sets a 0 (18/05 e 18/09) as brasileiras Adriane/Andrezza e, posteriormente, Naiana/ Lu, pelo mesmo placar (18/13 e 18/15). O desgaste foi notado somente após a partida, quando Zhang Ju ficou durante um bom tempo recuperando o fôlego. A dupla oriental está no Brasil desde novembro do ano passado e permanece até maio, disputando ainda a etapa de Florianópolis. Em 2004, elas participaram das etapas de Vila Velha-ES e Rio de Janeiro.

"A Zhang Ju é uma jogadora muito forte, mas mesmo assim aqui o clima é mais úmido e elas sentem, pois não é próximo da praia e há menos vento. Mas é uma preparação importante para os jogos nacionais da China, uma espécie de olimpíada de lá, onde elas têm boas chances de vencer", explicou o técnico Zheng Yi Hui.

Apesar dos bons resultados, o treinador não alimenta muitas expectativas quanto a uma eventual conquista de título. A outra dupla da China, Lia Jia/Gao Lu, está classificada para amanhã, mas já perdeu um jogo. Zheng Yi Hui espera que suas jogadoras, que trocaram a quadra pela areia há menos de três anos, passem a usar melhor a paciência chinesa.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas