Atual bicampeã europeia, a seleção da Espanha se garantiu na briga pelo tricampeonato nesta sexta-feira ao golear Luxemburgo por 4 a 0, em casa, na cidade de Logroño, e assegurar sua classificação para a Eurocopa 2016, na França. Santi Cazorla e Francisco Alcácer marcaram todos os gols da partida.

Ao conquistar sua oitava vitória em nove jogos, a Espanha chegou aos 24 pontos e não pode ser mais alcançada no topo do Grupo C das Eliminatórias. A outra vaga direta está entre Eslováquia e Ucrânia, ambos com 19 pontos. Os eslovacos ocupam o segundo lugar por levarem vantagem nos critérios de desempate. Se terminar em terceiro, a Ucrânia disputará a repescagem, ainda com chances de classificação.

Jogando em casa e contra um rival modesto, a Espanha não teve dificuldade de se impor em campo nesta sexta. O time anfitrião controlou as ações desde o início e registrou até 70% de posse de bola. No entanto, sofreu para converter em gols o domínio na partida. A bola não entrava principalmente por conta de erros nas finalizações. Cazorla chegou a carimbar o travessão antes do primeiro gol.

A bola só entrou aos 42 minutos, após jogada de Fàbregas e Pedro, com conclusão de Cazorla, no rebote. A vitória, e a goleada, só foram confirmadas depois do intervalo. Aos 20, Alcácer disparou pelo meio e finalizou para as redes, na saída do goleiro. Aos 35, o mesmo Alcácer ampliou o placar em lance irregular. Jordi Alba, ao cruzar da linha de fundo, deixou a bola sair antes de cruzar na área para finalização do companheiro.

A jogada, contudo, não evitaria o placar folgado em favor dos espanhóis. Aos 40, Cazorla também marcou o seu segundo gol ao acertar belo chute direto para as redes.

A disputa pelo segundo lugar do grupo esquentou nesta sexta com a vitória da Ucrânia e a derrota da Eslováquia. Jogando fora de casa, os ucranianos superaram a Macedônia por 2 a 0, enquanto os eslovacos foram batidos pela Bielo-Rússia por 1 a 0.

Com estes resultados, a segunda vaga direta da chave na Eurocopa será decidida somente na última rodada das Eliminatórias. A Ucrânia terá a tarefa mais complicada ao duelar com a Espanha, em casa, na segunda-feira. Já a Eslováquia vai enfrentar Luxemburgo, fora de casa, no mesmo dia.