Principal atacante da seleção espanhola, David Villa não irá disputar a Eurocopa, no mês que vem, na Polônia e na Ucrânia. O jogador do Barcelona não conseguiu se recuperar a tempo, depois de ter sofrido fratura na perna esquerda em dezembro, e foi oficialmente descartado nesta terça-feira.

A Federação Espanhola de Futebol divulgou comunicado revelando que David Villa entrou em contato com o técnico da seleção, Vicente del Bosque, e avisou que não terá condições físicas de disputar a Eurocopa. Assim, ele não estará na lista de 23 convocados a ser anunciada no domingo.

David Villa sofreu a grave contusão quando defendia o Barcelona no Mundial de Clubes, em dezembro, no Japão. Ele precisou passar por cirurgia e, desde então, vinha fazendo tratamento intensivo para se recuperar para a Eurocopa. Nos últimos treinos, porém, viu que ainda não tem condições.

“Tentei até o final, mas não poderei estar 100% na Eurocopa. Conversei com o técnico da seleção para lhe comunicar. É o mais honesto a fazer”, disse David Villa, através do Twitter, ao lamentar a chance de conquistar mais um título pela Espanha, pela qual já foi campeão europeu e mundial.

Maior artilheiro da história da seleção espanhola, David Villa será desfalque importante na luta pelo bicampeonato da Eurocopa. Sem ele, a Espanha começou a fazer a preparação nesta terça-feira, em Schruns, na Áustria, mas Del Bosque ainda não definiu a lista final de convocados.