Dois dias depois de chegar ao Brasil, a seleção de Equador fez um amistoso a portas fechadas contra o Cerâmica, time da segunda divisão do Campeonato Gaúcho. Em Viamão, onde a equipe está hospedada, os equatorianos venceram por 2 a 0, num teste para a partida de estreia na Copa do Mundo, domingo contra a Suíça, pelo Grupo E.

O amistoso não pôde ser assistido pela torcida ou mesmo por jornalistas. Marcaram os gols da equipe do Equador o meia Renato Ibarra e o atacante João Rojas. Alexander Domínguez, que vinha treinando separadamente, foi escalado como goleiro titular.

Após a partida, três jogadores concederam entrevista coletiva: Fidel Martínez, Luis Saritama e Gabriel Achilier. E o discurso deles foi unânime: o Equador está pronto para a estreia. “Chegamos bem. De fora pode-se falar qualquer coisa, mas de dentro temos que mostrar que temos trabalhado”, afirmou o zagueiro Gabriel Achilier.

De acordo com Saritama, a atividade contra o Cerâmica, de Gravataí (RS), serviu para o Equador testar questões táticas. “Temos trabalhado aspectos ofensivos e defensivo. Tratamos de manejar os espaços para tentar complicar a vida deles.”