A Federação Paranaense de Futebol -FPF irá se manifestar entre hoje e amanhã sobre o W.O. do Engenheiro Beltrão, no domingo, contra o Corinthians-PR. Como o time do interior sequer pegou a estrada pra jogar no Janguitão, em Curitiba, apenas a súmula do “jogo’ é aguardada para que o Tribunal de Justiça Desportiva -TJD-PR seja notificado.

Questionado sobre a punição que pode chegar em R$100 mil, o presidente do Engenheiro, Luiz Linhares, respondeu: “A mesma Federação Paranaense permitiu W.O. da AFA ano passado, pela Segundona. Permitiu também que essa equipe voltasse de Foz do Iguaçu para Umuarama sem pagamento dos R$ 220 mil que ela diz obrigatório. Eles que não em venham falar em penalização que fica uma coisa até vexatória”.

Ao mencionar a FPF, Luiz Linhares dá uma cutucada em Helio Cury. “Está pior que nos tempos do Onaireves Moura, quando haviam diversos problemas. Alias, basta olhar quem da atual diretoria da Federação foi vice do Onaireves pra ver quem é o criador e quem é a criatura”.

Luiz Linhares também continua acusando a FPF pelo W.O. “O fato de sermos donos do hiper-sem-mando na 1ª fase acabou com nossas economias. Não havia dinheiro pra viajar, pois a FPF não nos depositou os R$ 4.500 referente a placas de publicidade que caiu na conta de todos so clubes no dia 15 de março”, lamentou o presidente da AEREB, o time que praticamente não jogou em casa no Estadual 2010.