O técnico do Santos, Enderson Moreira, preferiu ser cauteloso antes de confirmar o retorno ao time dos garotos Caju e Gabriel, que volta da seleção brasileira sub-20 depois da disputa do Sul-Americano da categoria, no Uruguai. Apesar da expectativa da torcida, a dupla não tem presença confirmada no clássico com o São Paulo, pelo Campeonato Paulista, na próxima quarta-feira, e deverá ganhar folga nesta semana.

“Eles precisam de um tempo para recuperar a condição física e emocional. Não podemos forçar a barra. Temos que dar um tempo”, disse o técnico neste domingo depois da vitória do time por 2 a 1 sobre o Red Bull Brasil, em São José do Rio Preto, pela terceira rodada do Campeonato Paulista. Com o resultado, o Santos abriu quatro pontos de vantagem sobre o Bragantino na liderança do Grupo 4.

Enderson demonstrou irritação quando foi perguntado sobre a possível entrada de Gabriel. Segundo o técnico, não se deve focar na presença do atacante e se esquecer da importância do lateral-esquerdo Caju. “É um excelente jogador e que terminou o ano passado como titular. Mas como disputou um Sul-Americano difícil e que o Brasil terminou com uma campanha ruim, é melhor ter um descanso”, explicou.

Para o jogo da próxima quarta-feira, o técnico voltará a escalar Robinho, que foi poupado no último domingo. A expectativa é pela manutenção na equipe de três jogadores que estrearam como titulares diante do Red Bull Brasik. O goleiro Vanderlei e o zagueiro Werley devem ser mantidos, enquanto o atacante Ricardo Oliveira, autor do gol da vitória, pode dar lugar a Gabriel, caso Enderson decida escalar o garoto.