A cidade de Marechal Cândido Rondon, no oeste do Estado, apontou domingo o Círculo Militar/Dom Bosco, de Curitiba , no masculino, e o Amavôlei/Regina Mundi, de Maringá, no feminino, como os campeões do Estadual da Juventude. A terceira e última etapa foi disputada desde a última sexta-feira, e apresentou um elevado nível técnico.

Segundo o presidente em exercício da Federação Paranaense de Voleibol Olegário Stinglin, o que se viu no Oeste foi uma demonstração do alto nível que atravessa nosso voleibol. “Tivemos confrontos equilibrados tanto que para definir os campeões tivemos que usar os critérios de desempate”, frisou o dirigente.

Para o coordenador local, Claudemiro dos Santos, a cidade se colocou em definitivo como uma das referencias da modalidade no Estado, já que além de sediar esta fase final também havia recebido os jogos da segunda etapa. A cidade de Curitiba abriu a competição deste ano.

As equipes da casa terminaram como vice-campeãs no masculino e terceiro lugar no feminino, resultados que também servem de motivação para disputar a fase final dos Jogos da Juventude. “Agora vamos par aos Jojup´s tem busca de uma boa classificação para terminar bem esta temporada”, disse Santos.

Divulgação
Círculo Militar, de Curitiba.