O atacante Emerson, 33, marcou os dois gols da vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre o Boca Juniors, nesta quarta-feira, que decretou o primeiro título da Libertadores na história do Corinthians. E, ao final do jogo, decidiu desabafar.

“Há um ano atrás, me tiraram de um lugar por uma coisa que eu não fiz. Vocês erraram comigo, e hoje eu sou cameão da Libertadores”, afirmou ainda no gramado, referindo-se à diretoria do Fluminense, que o dispensou sob alegação de indisciplina durante a Libertadores de 2011.

A acusação era de que Emerson teria cantado músicas em homenagem ao Flamengo, rival do Flu, em pleno ônibus da equipe carioca. “Eu gosto dessas partidas. E hoje eu juro que não vou chorar”.