O Santa Cruz vem de uma péssima sequência no Campeonato Brasileiro. Nos últimos seis jogos foram cinco derrotas e uma vitória. Três pontos conquistados de 18 possíveis. Aproveitamento de 16,6% dos pontos, digno de rebaixamento. Para reverter este quadro, o time precisa vencer o Corinthians neste sábado, às 21 horas, no estádio Itaquerão, pela 11.ª rodada da competição.

O técnico Milton Mendes contará com dois reforços para a partida. O zagueiro Neris e o volante Uillian Correia voltam de suspensão. Saem Allan e Leandrinho, respectivamente. O restante da escalação deverá ser a mesma da derrota para o Flamengo, no Recife, por 1 a 0, na última rodada.

O resultado negativo deixou o Santa Cruz na 15.ª colocação com 11 pontos, dois apenas à frente da zona de rebaixamento. Preocupado com a queda de rendimento, o atacante Grafite espera marcar o seu primeiro gol contra o Corinthians. “Nos dois anos que joguei no São Paulo, não consegui marcar contra eles. Espero também voltar a marcar no Brasileiro, não para mim mesmo, mas para ajudar a nossa equipe, pois precisamos de um bom resultado em São Paulo”, avaliou.

Além de não marcar, Grafite é lembrado com certo carinho pelo torcedor corintiano. Em 2004, ele ajudou o time alvinegro se livrar do rebaixamento do Campeonato Paulista. Na época, o Corinthians perdeu para a Portuguesa Santista por 1 a 0, na última rodada, e dependia de uma derrota do Juventus para o São Paulo para não cair. Grafite marcou os dois gols da vitória da equipe tricolor por 2 a 1 e salvou o então rival da degola. Na época, foi xingado e até ameaçado por alguns do seu clube.