O ótimo desempenho no Paranaense já valeu ao Maringá uma das vagas do Estado na Série D do Campeonato Brasileiro. O clube, porém, terá que reformular seu comando técnico logo após o término da disputa doméstica. Claudemir Sturion confirmou ontem que não estará à frente do Zebrão na competição nacional. Ele já tinha um compromisso firmado com o Foz, para a disputa da Segundona Paranaense. “Só iria falar sobre isso após o encerramento da competição, mas a informação vazou”, disse o treinador.

Confiança

Independente da saída, o treinador acredita que o fato não irá interferir no desempenho do time nesta semifinal. “O grupo é forte e bem equilibrado. Vamos procurar fazer o nosso melhor, como aconteceu até aqui”, resumiu. O time de Sturion tem a segunda melhor campanha do Paranaense, somente um ponto atrás do Coritiba. Além disso, conta com o ataque mais efetivo, com 23 gols marcados em 13 partidas.