O CRB perdeu uma grande chance de se consolidar na zona de acesso do Campeonato Brasileiro da Série B. Com uma virada fulminante, o Vila Nova superou os alagoanos por 2 a 1, neste sábado, no estádio Rei Pelé, em Maceió, pela 24.ª rodada.

O resultado encerra uma invencibilidade de quatro rodadas, sendo duas vitórias e dois empates, do CRB. O time segue na quarta posição com 38 pontos, superando o Ceará apenas no número de triunfos: 11 a 10. Por outro lado, os goianos respiram e se aproximam dos primeiros colocados com 33 pontos, em oitavo lugar.

Apesar do futebol de baixo nível apresentado, o CRB conseguiu sair na frente com um gol de bola parada. Aos 18 minutos, o zagueiro Diego Jussani cobrou falta com força e perfeição, mandando no ângulo esquerdo do goleiro Saulo, que ainda tocou na bola.

Quando o jogo caminhava para a vitória do CRB, o visitante conseguiu uma reação fulminante na segunda etapa. Aos 30 minutos, o atacante Moisés recebeu na área e bateu no canto direito do goleiro Juliano. Aos 33, o lateral-esquerdo Marcelo Cordeiro cobrou falta na área, Juliano falhou feio e soltou a bola nos pés do atacante Vandinho, que só completou.

Pela 25.ª rodada, nesta terça-feira, às 19h15, o CRB volta a campo para enfrentar o Avaí, novamente no estádio Rei Pelé. Enquanto isso, o Vila Nova encara o Paraná, no mesmo dia e horário, no estádio Durival de Britto, em Curitiba.

FICHA TÉCNICA

CRB 1 x 2 VILA NOVA

CRB – Juliano; Marcos Martins, Diego Jussani, Flávio Boaventura e Peri; Olívio, Somália (Neto Baiano) e Éder Loko (Welinton Junior); Roger Gaúcho (Glaydson Almeida), Zé Carlos e Luidy. Técnico: Mazola Júnior.

VILA NOVA – Saulo; Maguinho, Guilherme Teixeira, Reginaldo e Marcelo Cordeiro; Victor Bolt, Fagner, Geovane (Joãozinho) e Moisés (Caíque); Patrick (Vandinho) e Fabinho. Técnico: Guilherme Alves.

GOLS – Diego Jussani, aos 18 minutos do primeiro tempo; Moisés, aos 30, e Vandinho, aos 33 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Marcos Martins (CRB); Geovane, Vandinho e Victor Bolt (Vila Nova).

ÁRBITRO – Rodrigo Nunes de Sá (RJ).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).