O povo de Campo Grande, que manifestou todo o seu carinho durante a estada da Seleção Brasileira na cidade, lotou o Estádio Morenão para apoiar time de Dunga no 50º jogo do técnico que classificou a Seleção Brasileira com três rodadas de antecedência para a Copa do Mundo de 2010.

Ao final, mesmo sem poder comemorar a vitória que merecia em retribuição, os torcedores reconheceram a luta e boa exibição do time no segundo tempo com um jogador a menos – Miranda foi expulso – e aplaudiu a Seleção Brasileira à saída do campo.

O primeiro tempo do jogo foi truncado, com a Seleção Brasileira não encontrando caminhos para superar a boa marcação do time adversário. Na melhor oportunidade que criou, Kaká carregou a bola ao seu melhor estilo e foi derrubado na entrada da área.

O time tentava jogar pelas laterais do campo, principalmente com Maicon, mas o adversário se fechava bem e conseguia bloquear as investidas do Brasil.

No segundo tempo, o time brasileiro voltou com mais inspiração para superar a marcação do adversário. Miranda foi expulso logo no início, mas ainda assim a Seleção Brasileira dominou inteiramente, forçando o adversário a recuar para o seu próprio campo, postura que adotou até o final, mesmo com um jogador a mais.

O Brasil então tomou conta, e o jogo passou a ser um confronto de ataque contra defesa. O time criou várias oportunidades, a bola teimava em não entrar, como aconteceu na melhor delas, em que Kaká chutou colocado, com categoria, mas a trave impediu o gol.

O Brasil, que terminou com 34 pontos ganhos.jogou com Julio Cesar, Maicon, Luisão, Miranda e Filipe (Alex); Gilberto Silva, Lucas, Ramires (Elano) e Kaká; Nilmar e Luís Fabiano (Diego Tardelli).