O Corinthians teve seu domingo dos sonhos em 2005. Ontem pela manhã ganhou, do STJD que anulou o resultado de 11 jogos do Brasileiro, a liderança da competição. À tarde, ao marcar 3 x 2 no Brasiliense, no Pacaembu, abriu três pontos de vantagem sobre o Goiás, segundo colocado, e que tem dois jogos a mais. De quebra, o time de Parque São Jorge ainda viu rivais diretos na luta pelo título empatarem: Internacional 2 x 2 Fluminense e Vasco 0 x 0 Palmeiras. O Santos já havia perdido pontos preciosos na véspera, no 0 x 0 diante do Fortaleza, em casa.

Ficha técnica

Gols: Ígor aos 4?, Roger aos 33?, Wescley aos 35?, Rosinei aos 41? e Alex Oliveira aos 43? do 1º tempo.

Corinthians: Fábio Costa; Eduardo, Marinho, Wescley e Edson; Marcelo Mattos (Bruno Octávio), Fabrício, Rosinei (Dinelson) e Roger (Carlos Alberto); Tevez e Nilmar. Técnico: Antônio Lopes.
Brasiliense: Eduardo; Simão, Jairo (Reinaldo), Dema e Marcos Careca; Deda, Pituca, Vampeta e Alex Oliveira; Marcelinho Carioca e Igor. Técnico: Joel Santana.
Árbitro: Lourival Dias Lima Filho (BA).
Cartões amarelos: Eduardo, Marcelo Mattos, Fabrício, Jairo e Vampeta.
Público: 29.338 torcedores.
Renda: R$ 150 mil.