Hannover – Foi preciso uma repórter sueca, que acompanhava uma coletiva de Marcello Lippi pela primeira vez, para arrancar do técnico italiano a confirmação que todos queriam ouvir: Totti será titular na partida de hoje contra Gana, às 16h (de Brasília), em Hannover.

O xodó da torcida é a grande aposta de Lippi para dar talento e lucidez a um time que mostrou pouca imaginação nos amistosos de preparação.

?Gostaria de saber se Totti está bem e se vai jogar amanhã (segunda-feira)?, disparou a sueca após o treino de reconhecimento do gramado. Os italianos começaram a rir, acostumados ao jogo de esconde-esconde do treinador. Mas, para surpresa geral, Lippi respondeu: ?Totti está muito bem e jogará. Não sei se suportará os 90 minutos, mas jogará.?

A presença do capitão da Roma, que em fevereiro sofreu uma fratura no tornozelo esquerdo, pode custar um lugar no time para Toni. Por estar mais acostumado a voltar para recompor o meio-de-campo, Iaquinta pode ser a grande surpresa na escalação. Ele correria muito para ajudar Totti a economizar fôlego e ficar em campo o máximo possível.

Lippi decidiu escalar Zaccardo na lateral direita para dar mais segurança à defesa. Oddo, a outra opção, gosta mais de atacar. Recém-recuperado de lesão, Nesta ainda é dúvida na zaga. Se não jogar, entra Materazzi ao lado do capitão Cannavaro. Os desfalques serão o lateral-direito Zambrotta e o volante Gattuso, ambos machucados.

O treinador voltou a dizer que a Itália está preparada para fazer um grande mundial, mas que não gostaria de encontrar o Brasil nas oitavas-de-final, como acontecerá se um terminar o grupo em primeiro e o outro em segundo. ?Se nos encontrarmos logo com o Brasil, tenho certeza de que o time do meu amigo Parreira estará muito atento para evitar que se repita o que aconteceu na Copa da Espanha.?

Confiança

A seleção de Gana põe fé na boa saúde de seus jogadores para o jogo de estréia na Copa do Mundo, contra os italianos, que enfrentam vários problemas físicos. ?A Itália anunciou algumas lesões. Graças a Deus, nós não temos nenhuma?, enfatizou o técnico Ratomir Dujkovic, que teve vários atletas lesionados no início do ano.

O técnico reconhece a qualidade do rival, mas diz que Gana está preparada para o duelo. ?(Marcello) Lippi é um dos melhores técnicos do mundo e qualquer ataque que ele formar será forte. Mas muitos dos nossos jogadores têm mais de cinco anos de experiência na Europa, jogando em alto nível. Não estamos preocupados com este jogo (contra a Itália)?, destacou Dujkovic.