O São Paulo encontrou dentro do seu próprio elenco um substituto para Lucas. É Osvaldo, grande destaque da equipe neste começo de temporada. Jogando sempre aberto pela esquerda do ataque – lado contrário do que jogava Lucas -, o cearense comanda as ações ofensivas da equipe. Até aqui, participou de 46% dos gols do time em 2013, marcando ou dando a assistência.

E esse número só não é maior porque ele foi poupado em três partidas. Com Osvaldo em campo, o São Paulo fez 22 gols, com o atacante participando de 13. Um dado que comprova o excelente momento dele na temporada.

“Eu vivo um bom momento e o grupo tem confiado em mim. O professor Ney Franco tem acreditado também. Procuro dar velocidade ao ataque e tenho me tornado um jogador importante para o São Paulo. Espero continuar fazendo meus gols, ajudando o time e dando alegria aos torcedores”, comentou o atacante.

Nesta segunda-feira, Osvaldo concedeu entrevista coletiva e também falou sobre a partida de quinta-feira, contra o Arsenal de Sarandi, no Pacaembu, pela Libertadores. De acordo com ele, a equipe deve jogar para frente como foi contra o The Strongest.

“É claro que temos de trabalhar a bola, mas não com lentidão. O Ney Franco tem pedido para trabalhar a bola com agressividade, para pegar em cima deles. Ele pediu para mim e para o Aloísio pressionarmos a saída de bola. Se a gente já faz um gol logo no começo, vamos para cima para fazer ainda mais gols”, ressaltou.