Em ascensão na temporada e empolgado pela classificação às quartas de final da Copa do Brasil ao vencer o Santos de virada na última quinta-feira, o Atlético-MG se reencontra com o rival paulista neste domingo, às 19 horas, na Vila Belmiro, desta vez em duelo válido pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

No momento, o Atlético-MG soma 15 pontos, um a mais que o adversário deste domingo, e quer aproveitar a fase positiva para emendar o quarto triunfo consecutivo por três competições diferentes (Copa Sul-Americana, Copa do Brasil e Brasileirão).

O time mineiro vive seu auge técnico no ano sob o comando do técnico, ainda interino, Rodrigo Santana. O treinador deu nova cara e postura à equipe, que só perdeu duas vezes no Brasileirão – para Palmeiras e Grêmio – e vem mostrando clara evolução.

Em contrapartida, o aspecto negativo no Atlético-MG foi é o jejum de Ricardo Oliveira. O centroavante não marca um gol desde 27 de abril, tendo passando em branco nos últimos oito jogos que disputou. Com a má fase do veterano, Alerrandro tem ganhado cada vez mais espaço. O jovem foi titular na goleada por 4 a 0 sobre o CSA e tem entrado no decorrer da maioria das partidas.

Rodrigo Santana não confirmou, mas, pela importância do reencontro com o Santos, o treinador deve escalar o que tem de melhor, a despeito do desgaste físico de alguns atletas. O duelo é o penúltimo antes da parada para a Copa América – o último compromisso antes de o torneio ser paralisado será contra o São Paulo, na próxima quinta-feira, em Belo Horizonte.