O Cruzeiro teve a semana toda para treinamento e a cada dia um jogador revelou seu otimismo quanto ao futuro do time, que não vence há quatro jogos. Nesta sexta-feira, a vez foi do lateral-esquerdo Egídio, às vésperas do jogo contra a Chapecoense, no domingo, no Independência, pela sexta rodada do Brasileirão.

“Podem ter certeza que vamos em busca dos títulos em todas as competições. O que me faz ter confiança são os treinamentos. Treinamos bem e estamos prontos para voltar a jogar bem, ter defesa sólida, trocar passes, criar jogadas. Estamos trabalhando forte. Tenho certeza que no domingo vamos colocar isso em prática e voltar a vencer”, disse o jogador, em entrevista coletiva.

Em 15º lugar no Brasileiro, o Cruzeiro soma seis pontos, após cinco jogos. O lateral aposta no apoio da torcida para ajudar a equipe a sair deste momento delicado. “Acredito que a torcida vai voltar a ver uma boa postura dentro de campo por tudo que treinamos. E a diretoria colocou ingressos a R$ 10 para lotar o estádio. Vamos ser aguerridos, nos doando ao máximo para sair com a vitória. Precisamos voltar a ter aquela sinergia entre time, torcida, diretoria, comissão.”

O time vem de duas derrotas no Brasileiro: 3 a 1 diante do Internacional e 4 a 1 frente ao Fluminense. Egídio confia principalmente no oportunismo do atacante Fred para que os gols voltem a sair e ajudem o Cruzeiro a subir na tabela de classificação. “Fred é matador, goleador. Mas a gente não fica ansioso para ele marcar. Uma hora a bola vai voltar a entrar, não só dele, mas do time. E nós queremos ajudá-lo a voltar a marcar. Aqui é um time, o individual vai sobressair se o coletivo estiver bom. Acredito que vamos sair todos felizes.”

Nesta sexta-feira, o treino mais uma vez foi fechado para a imprensa. O zagueiro Dedé voltou aos treinamentos e se estiver bem após o treino deste sábado terá escalação garantida. Desta forma, o técnico Mano Menezes só não poderá contar com o Orejuela, submetido a uma cirurgia no joelho esquerdo.

O time provável do Cruzeiro para enfrentar a Chapecoense deve formar com: Fábio; Edilson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique e Lucas Romero; Robinho, Rodriguinho e Pedro Rocha (Marquinhos Gabriel); e Fred.