A vitória do Internacional por 3 a 0 diante do Salgueiro, na última quinta-feira, em Novo Hamburgo, pela Copa do Brasil, deixou o técnico Dunga extremamente satisfeito. Não só por ter encaminhado a vaga da equipe às quartas de final, mas também pelo número de chances criadas por seus comandados.

“A equipe vem criando bastante nos últimos jogos. Hoje (quinta) insistimos bastante e a bola quis entrar no segundo tempo, quando as coisas ficaram mais fáceis. Agora temos que manter a tranquilidade”, disse o treinador.

Com o resultado, o Inter pode até perder por três gols de diferença, desde que faça ao menos um, no jogo da volta, quinta que vem, na casa do adversário, para avançar. E esta vantagem foi criada graças aos estrangeiros do time, que marcaram os três gols da vitória na primeira partida.

Scocco e Forlán deixaram suas marcas, mas foi D’Alessandro, de pênalti, que abriu o caminho da vitória. “É uma vantagem importante. Jogamos bem, mas falta o jogo de volta e temos que respeitar o adversário”, comentou o meia argentino.