Guga, festa pela vitória sobre o n.º 1.

Paris – O clima de euforia com a vitória sobre o número 1 do mundo, Roger Federer, esconde no meio do caminho, um duelo bastante perigoso para Gustavo Kuerten. Nesta segunda-feira, Guga enfrenta o espanhol Feliciano Lopez, número 25 do ranking mundial, e jogador de pouca fama.

Mas partidas como estas precisam de cuidados. O jogo será às 12h de Paris, 7h de Brasília, e Kuerten sabe que vai ter de manter a determinação, diante de um adversário que nem sequer gosta de jogar no saibro.

“É muito importante manter a concentração do tempo todo”, adverte Guga. “A cada dia vou incluindo um ingrediente em meu jogo. É assim que se joga um Grand Slam.” Guga mantém-se atento. Como seu próximo adversário é canhoto e gosta de subir a rede, encontrou um juvenil brasileiro em Roland Garros, Renan Delsin, que serviu como sparring, por ter as mesmas características do espanhol.

“Até agora tentei definir os pontos com rapidez, mas diante de Lopez vou precisar alongar um pouco os pontos. Mantê-lo no fundo, pois sei que no meu serviço, ele (Lopez) vai arriscar bastante.”

O próprio Feliciano Lopez admitiu. “Não tenho nada a perder diante de Guga.” O tenista espanhol foge um pouco das características dos jogadores de seu país. Tanto é que revelou que Wimbledon é o seu torneio preferido e investe no saque e voleio. Na sua última partida -venceu o sul-coreano Huyng Taik-lee – aplicou um total de 26 aces. “Fiquei surpreso com a vitória de Guga sobre o Federer. Se tivesse de apostar teria colocado todas as minhas fichas no suíço. Para mim, o Guga é o número 1 do mundo em quadras de saibro, mas vou jogar sem qualquer pressão.”

Para evitar surpresas, Guga manteve a rotina de tratamento, com piscina pela manhã, massagens, fisioterapia e um treino leve à tarde com o técnico Larri Passos. Nesta segunda semana está de volta a Paris a fisioterapeuta, Mariângela Lima, que esteve com Guga desde Barcelona e precisou ir o Brasil. Nestes primeiros dias de Roland Garros, o espanhol Juan Reque tratou de deixar o tenista brasileiro em condições de chegar às oitavas-de-final.

Além de Guga x Lopez, nesta segunda ainda jogam Marat Safin com David Nalbandian, Igor Andreev x Gaston Gaudio e Lleyton Hewitt x Xavier Malisse.

Na rodada deste domingo, Coria ganhou um belo presente. Depois de vencer o primeiro set por 6 a 0 diante de Nicolas Escude, seu adversário desistiu por causa de lesão. A mesma sorte não teve o inglês Tim Henman que precisou jogar cinco longos sets para superar o francês Michael Llodra por 6/7 (7/2), 4/6, 6/4, 6/3 e 9/7. Juan Ignacio Chela venceu Olivier Mutis por 4/6, 6/2, 7/6 (7/5) e 6/2.

No feminino, Serena Williams aplicou 6/3 e 6/1 Shinobue Asagoe Venus marcou 6/1 e 7/6 (7/3), em Fabíola Zuluaga, Amelie Mauresmo ganhou de Magdalena Maleeva por 6/2 e 6/1 e Lindsay Davenport foi eliminada por Elena Dementieva por 6/1 e 6/3.