Com o ano prestes a terminar e a janela para transferências perto de ser aberta novamente na Europa, o Botafogo agiu rápido para renovar o contrato do jovem Dória, que vem sendo cobiçado por clubes do exterior. O zagueiro de 19 anos assinou contrato até 2017, com aumento na multa rescisória, e celebrou a confiança do time carioca.

“A diretoria apostou em mim, conversou com minha empresa para fazer um trabalho a longo prazo. Fico muito feliz de poder demonstrar meu trabalho no Botafogo e pela postura que tiveram comigo, me chamaram para conversar e ter um plano de carreira, um futuro bom dentro do clube. Quero tentar mostrar dentro do campo o que optaram”, declarou.

De vínculo renovado, o zagueiro se prepara para o duelo diante do São Paulo, domingo, no Morumbi, pela 36.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time paulista deve entrar em campo repleto de reservas, já que está em meio à disputa da semifinal da Sul-Americana com a Ponte Preta, mas Dória não espera mais facilidade se isso acontecer.

“Independentemente de quem for jogar, sabemos do poder do São Paulo e da importância do jogo. É estar ligado o tempo inteiro para poder buscar a vitória fora de casa, que vai ser muito importante para o nosso objetivo”, comentou o jogador, confiante na classificação do Botafogo para a Libertadores.

O próprio Dória terá um parceiro com o qual não está habituado a jogar: Dankler, já que o titular Bolívar está fora por suspensão. “Dankler é um cara super tranquilo, já treinamos juntos antes mesmo de jogar. Não tem dificuldade nenhuma jogar do lado dele. Mora até no meu condomínio, a gente tem entrosamento legal, não vai haver dificuldade”, comentou.