O Comitê Olímpico Mexicano devolveu, 29 de 34 medalhas que haviam sido conquistadas nos Jogos Regionais de Mayagüez 2010, mas foram revogados. Os prêmios foram recolocados na mão do Odecabe, o Comitê Executivo da Organização Centro-Americana e do Caribe. A justificativa foi a de resultados adversos nos exames antidoping realizados durante a competição.

Felipe Muñoz Kapamas, presidente do Comitê Olímpico Mexicano, entregou 21 medalhas de ouro, quatro de prata e quatro de bronze durante edição da Assembleia Geral Ordinaria no município Boca del Rio. Ainda há cinco medalhas a serem devolvidas: três do nado sincronizado, uma no levantamento de peso e outra no basquete.

Na avaliação da imprensa mexicana, devolver as medalhas ao Odecabe por casos de doping significa um feito lamentável, pois às vésperas dos Jogos Centro-Americanos e do Caribe foi realizado um grande trabalho de informação e exames para a prevenção do doping. O Comitê Olímpico Mexicano promete reforçar suas ações como com a campanha de Excelência Olímpica e Jogo Limpa, que leva a 32 estados.