A luta contra o doping custa anualmente US$ 50 milhões (cerca de R$ 80,65 milhões) às federações internacionais de esportes olímpicos de verão, anunciou Denis Oswald, presidente da associação das federações, na abertura de uma assembleia geral.

“As federações que participaram em nossa pesquisa indicaram ter gastado US$ 21,7 milhões em 2009, mas uma federação muito envolvida não respondeu e calculamos sua participação em US$ 23 milhões”, disse Oswald. O dirigente ainda destacou que também devem ser considerados os custos jurídicos, que praticamente dobrariam o valor total.