O sérvio Novak Djokovic avançou com tranquilidade nesta sexta-feira à semifinal do Masters 1.000 de Montecarlo. Primeiro cabeça de chave, ele derrotou o argentino David Nalbandian por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3.

O resultado parece confirmar que Djokovic retornou ao seu bom momento. Antes de atuar em Montecarlo, o segundo melhor tênis do mundo havia sido eliminado nas oitavas do Masters 1.000 de Indian Wells e em sua estreia no Masters 1.000 de Miami.

Mas nesta semana, o sérvio tem atuado com solidez. Avançou à semifinal sem ceder nenhum set. E ainda superou com tranquilidade Nalbandian, adversário que já havia derrotado dois favoritos – Tommy Robredo e Mikhail Youzhny – nas rodadas anteriores.

Djokovic é, de quebra, o único tenista não espanhol ainda vivo em Montecarlo. Na semifinal, ele aguarda o vencedor do confronto entre Fernando Verdasco e Albert Montanes. E na decisão, pode encarar Rafal Nadal ou David Ferrer.