Já eliminado, Rafael Nadal ofereceu pouca resistência ao sérvio Novak Djokovic, nesta sexta-feira, e perdeu por 2 sets a 0, parciais de 7/6 (5) e 6/3. Assim, o tenista espanhol encerra sua participação no ATP Finals, em Londres, torneio que reúne os melhores tenistas da temporada, sem nenhuma vitória.

Já Djokovic torce para o sueco Robin Soderling diante do russo Nicolay Davydenko, que se enfrentam nesta sexta-feira, para avançar à semifinal. Soderling tem duas vitórias e já está classificado no Grupo B.

Os dois tenistas iniciaram vacilante e permitiram duas quebras cada nos seis primeiros games. A partir do 3/3, eles controlaram melhor o serviço e levaram a partida para o tie-break, quando o sérvio foi superior e fechou em 7/5.

Depois de vencer o primeiro set, Djokovic começou melhor a segunda parcial e quebrou o serviço de Nadal no quarto game, logo depois do espanhol pedir atendimento médico para a região lombar. O sérvio demonstrou tranquilidade até o 5/3, quando desperdiçou alguns match points e precisou salvar dois break points. Por fim, ele fechou o jogo.

Os dois tenistas erraram muito durante a partida, mas o sérvio teve maior controle e soube encaixar mais bolas vencedoras – 21, contra 12 de Nadal. O serviço de ambos também foi pouco calibrado. Enquanto Djokovic encaixou apenas dois aces, o espanhol conquistou quatro.

No Grupo A, o suíço Roger Federer garantiu a primeira colocação na quinta-feira mesmo após perder para o argentino Juan Martín del Potro, que se classificou em segundo.