Em um dos jogos que abriram a programação do torneio masculino de Roland Garros nesta quarta-feira, o sérvio Novak Djokovic venceu o esloveno Blaz Kavcic por 3 sets a 0, com parciais de 6/0, 6/4 e 6/4, e foi à terceira rodada do Grand Slam francês.

Kavcic foi a primeira grande surpresa desta edição da importante competição realizada em Paris ao eliminar na sua estreia o australiano Lleyton Hewitt, ex-número 1 do mundo, com um triunfo por 3 sets a 1. Desta vez, porém, ele não teve como surpreender o líder do ranking mundial, que foi arrasador no início e depois deu certa relaxada em quadra, mas mesmo assim fez valer a sua maior categoria.

Com a vitória na segunda rodada, Djokovic terá pela frente na próxima fase o vencedor do confronto entre o francês Nicolas Devilder e o alemão Michael Berrer, também programado para esta quarta-feira.

Cabeça de chave número 1 de Roland Garros, Djokovic foi o primeiro tenista a garantir vitória nesta quarta e acumulou o seu 23.º triunfo seguindo em um torneio de Grand Slam, depois de ter sido campeão de Wimbledon e do US Open no ano passado e conquistado o último Aberto da Austrália, em janeiro.

Grande favorito diante do azarão Kavcic, o sérvio precisou de apenas 23 minutos para arrasar o rival no primeiro set. Com 80% de aproveitamento dos pontos que disputou quando encaixou o seu primeiro saque, ele ainda converteu três de quatro break points cedidos pelo esloveno para aplicar um “pneu” (6/0) nesta primeira parcial.

A partir do segundo set, porém, Kavcic mostrou força ao chegar a aproveitar uma das três chances que teve de quebrar o saque de Djokovic, que foi feliz em duas de cinco chances de ganhar games no serviço do rival para fazer 6/4, desta vez em longos 59 minutos.

No terceiro set, assim como no segundo, Kavcic conseguiu travar um duelo equilibrado com o líder do ranking mundial, mas não ameaçou o saque do sérvio nenhuma vez e viu o seu rival aproveitar um de seis break points para liquidar a parcial em 52 minutos, dando assim números finais ao confronto.