Os organizadores do Aberto da Austrália anunciaram nesta segunda-feira a relação de 32 cabeças de chave dos torneios masculino e feminino do primeiro Grand Slam da temporada, que começará a ser disputado no dia 14 de janeiro em Melbourne. Como esperado, o sérvio Novak Djokovic e a bielo-russa Victoria Azarenka, líderes dos ranking, são os cabeças de chave número 1. Coincidentemente, ambos também foram campeões do Aberto da Austrália no ano passado e entrarão no torneio com a responsabilidade de defender os títulos.

Na chave masculina, o suíço Roger Federer é o segundo cabeça de chave e só poderá enfrentar o sérvio na final. O britânico Andy Murray, atual campeão do US Open, é o terceiro cabeça de chave e o espanhol David Ferrer foi indicado como quarto, em razão da ausência do compatriota, Rafael Nadal, contundido. Já o brasileiro Thomaz Bellucci foi apontado como cabeça de chave número 30. Assim, ele não vai enfrentar nenhum dos outros pré-classificados nas duas primeiras rodadas do Aberto da Austrália.

A russa Maria Sharapova é a segunda cabeça de chave do primeiro Grand Slam da temporada e só poderá enfrentar Azarenka em uma eventual decisão. Mas o sorteio vai definirá qual delas ficará do mesmo lado da chave da norte-americana Serena Williams, terceira pré-classificada e embalada pelos títulos de Wimbledon, da Olimpíada e do US Open, o que vai indicar um possível confronto nas semifinais.