A diretoria do Corinthians divulgou nesta terça-feira (4) que a dívida total do clube é de R$ 95,7 milhões. O valor é referente ao período de 1.º de janeiro a 9 de outubro deste ano, um dia antes de o presidente Andrés Sanchez assumiu o controle do clube.

Desse total, R$ 21,3 milhões são relativos à dívida com o Lyon, da França, pela contratação do atacante Nilmar, valor que deverá ser parcelado. O Corinthians também deve R$ 4,5 milhões ao técnico Daniel Passarela, que passou pelo clube em 2005.

Com relação aos empréstimos adquiridos pelo Corinthians, o clube deve R$ 6,5 milhões à Federação Paulista de Futebol (FPF); R$ 1 56 milhão à Confederação Brasileira de Futebol (CBF); R$ 7,6 milhões ao Clube dos Treze; e R$ 2,65 milhões aos bancos.

O valor passivo do balanço do Corinthians é de R$ 128,3 milhões, mas como o clube tem R$ 32,611 milhões a receber, o déficit é de R$ 95,699 milhões. Dentre os valores que o clube tem a receber está os R$ 10,3 milhões da transferência de Carlos Alberto para o Werder Bremen.