O diretor de futebol do Barcelona, Raúl Sanllehí, volta na noite desta quinta-feira para a Espanha. Ele deixou nas mãos do Santos a última oferta do clube catalão por Neymar, de 23 milhões de euros, e se essa proposta não for aceita o atacante assinará um pré-contrato em janeiro e irá embora gratuitamente depois da Copa do Mundo de 2014. Caso o Santos resolva aceitar a proposta, o negócio será fechado com o agente de jogadores André Cury, que participou de todas as negociações.

O comitê gestor do clube paulista recusou a proposta por considerar o valor muito baixo durante reunião nesta quarta-feira. A multa rescisória do jogador chega a R$ 65 milhões e o presidente santista, Odílio Rodrigues, declarou que as negociações “precisam continuar”.

O Santos, no entanto, pode acabar aceitando a proposta, já que pode perder o jogador sem receber nada no ano que vem. Neymar tem contrato com o clube somente até a Copa do Mundo de 2014 e poderá sair gratuitamente assim que o vínculo se encerrar.

Após empatar com o Joinville na noite desta quarta, pela Copa do Brasil, Neymar demonstrou irritação e revelou vontade de deixar o futebol nacional. “Todos nós sabemos que é preciso de algo mais para sairmos vencedores aqui”, disse o astro santista aos jornalistas depois da partida. Mais tarde, o goleiro do clube catarinense, Ivan, revelou desabafo do atacante. “Aqui não dá mais”, teria dito Neymar.