Três dias após completar 60 anos de idade, Diego Maradona foi internado nesta segunda-feira (2) em uma clínica de La Plata, na Argentina. Ídolo do futebol mundial e atual treinador do Gimnasia y Esgrima, Maradona foi levado ao hospital de forma preventiva por causa de sua situação emocional, segundo o jornal Clarín.

A internação não teria relação com Covid-19, apesar de o ex-jogador ter tido contato recente com uma pessoa que testou positivo para o novo coronavírus. A imprensa local divulgou que os testes deram negativos.

Maradona foi revelado para o futebol pelo Argentinos Juniors, mas sua maior identificação é com o Boca Juniors, seu time do coração. Na Europa, o craque também defendeu o Barcelona e o Napoli, fazendo história pela equipe italiana. Sua principal conquista na carreira, no entanto, foi o título mundial com a seleção argentina, em 1986, no México.

Fora de campo, o ex-camisa 10 colecionou polêmicas durante toda sua trajetória, incluindo problemas com vício em drogas.