O meia Diego frequentemente é citado como um possível reforço em diversos clubes do futebol brasileiro. Entretanto, o jogador ainda tem mais dois anos de contrato com o Fenerbahçe, da Turquia, e não pretende voltar ao Brasil nos próximos meses. Quando tiver a oportunidade, deixa claro que sua prioridade será negociar com o Santos, time no qual teve destaque no cenário nacional

“Nesse momento não temos negociação. Tenho dois anos de contrato e tenho cuidado, porque tenho admiração pelo futebol brasileiro. Gostaria de voltar, mas não consigo precisar o que vai acontecer. Não depende só de mim. Depende do presidente e da diretoria”, disse o meia de 30 anos, em entrevista à ESPN Brasil.

Apesar da demonstração pública de carinho pelo time da Vila Belmiro, Diego admite a possibilidade de defender outro clube no futebol brasileiro. “Uma coisa é certa: Meu carinho pelo Santos não vai mudar, mesmo se um dia eu estiver em outro clube. Entretanto, o Santos é minha prioridade”, ressaltou.

Diego começou nas categorias de base do São Paulo, mas ainda nas divisões inferiores foi para o Santos, onde apareceu com destaque ao lado de Robinho e, com apenas 17 anos, já foi lançado no time profissional. Com a camisa alvinegra, conquistou o Campeonato Brasileiro de 2002 e 2004. Tem também passagens pela seleção brasileira e pelo Porto, Werder Bremen, Juventus, Wolfsburg e Atlético de Madrid. Está no Fenerbahçe desde maio do ano passado.