Lucas di Grassi (ART), quarto colocado em Magny-Cours, foi, neste domingo, o brasileiro melhor colocado no GP da França. Bruno Senna (Arden) deixou escapar na volta final a possibilidade de conquistar o último ponto em jogo na 7.ª etapa da GP2, vencida pelo espanhol Javier Villa (Racing Engineering).

Segundo no grid, Villa foi o sétimo vencedor diferente em uma corrida que começou com asfalto úmido e parecia nas mãos do pole Nicolas Lapierre. O francês liderou 16 das 28 voltas, mas abandonou ao bloquear os freios ao final de uma reta. A partir daí, Villa assumiu a ponta e resistiu à pressão dos italianos Luca Filippi e Giorgio Pântano (Campos), que completaram o pódio. Dos outros brasileiros, Lucas di Grassi terminou em 4.º e Xandinho Negrão atolou na brita ao perder o controle do carro na 10.ª volta.

Bruno foi outro que deixou a impressão de que poderia ter saído do autódromo mais satisfeito. Largou em 6.º, fechou a primeira volta em 3.º, mas caiu para 9.º pouco depois ao escapar brevemente da pista ao colocar as rodas sobre a zebra molhada. "O carro deu uma chicoteada tão forte que foi difícil segurá-lo. Tentei evitar as ultrapassagens, mas não foi possível", relatou o piloto da Arden.

Do meio para o final da prova, Bruno voltou a apertar o ritmo, sempre seguido de perto por Kazuki Nakajima. Depois de ultrapassar Pastor Maldonado (Trident) e entrar na zona de pontos, o melhor estreante da categoria em 2007 ainda tentou a última cartada sobre Vitaly Petrov (Campos). Acabou tocando levemente a traseira do carro do russo e superado pelo japonês.

Classificação do GP da França deste domingo na GP2:

1.º Javier Villa (ESP/Racing Engineering) – 39min46s184;

2.º Luca Filippi (ITA/SuperNova), a 0s603;

3º Giorgio Pantano (ITA/Campos), a 1s262;

4.º Lucas di Grassi (BRA/ART), a 15s312;

5.º Vitaly Petrov (RUS/Campos), a 20s134;

6.º Kazuki Nakajima (JAP/DAMS), a 20s520;

7.º Bruno Senna (BRA/Arden), a 25s895;

8.º Pastor Maldonado (VEN/Trident), a 28s622;

9.º Roldán Rodríguez (ESP/Minardi Piquet Sports), a 34s408;

10.º Andy Soucek (ESP/DPR), a 35s711