Apenas sexto colocado do Campeonato Paulista, o São Paulo decepciona neste início de temporada. A maior exceção é Cortez. O lateral-esquerdo é o único dos oito reforços contratados para 2012 que é titular absoluto e vem agradando. Titular durante todo o tempo em que o São Paulo esteve em campo neste ano, o ex-botafoguense já sonha em voltar à seleção.

Ele já esteve com o grupo de Mano Menezes nos dois amistosos diante da Argentina, no ano passado, quando apenas jogadores que atuavam no futebol nacional foram convocados. Apesar da boa fase, não foi chamado para a partida desta terça-feira, contra a Bósnia-Herzegovina, na Suíça. Ele garante que vai acompanhar o jogo pela televisão e torcer pelos companheiros.

“Sempre acompanho os jogos da seleção. Reúno os amigos para ver, pois sempre é uma emoção muito grande. Vou torcer por todos ali. Quando surgir minha oportunidade espero aproveitar bem também”, ressaltou o lateral-esquerdo.

De acordo com ele, a seleção brasileira será uma etapa natural em sua carreira se ele continuar a apresentar um bom futebol. “Desde que cheguei ao São Paulo meu objetivo era manter um bom trabalho. E a consequência disso tudo é a seleção brasileira. Se eu estiver bem aqui, a chance vai aparecer”, completou Cortês.