Atual campeão do Rally Dakar, o piloto francês Cyril Despres assumiu nesta segunda-feira a liderança da classificação geral das motos, após a disputa da terceira etapa da prova. Ele chegou em terceiro lugar no percurso de 243 quilômetros entre Pisco e Nazca, no Peru, e tomou a primeira colocação do espanhol Joan Barreda Bort, que terminou o dia apenas em 44º lugar.

Despres, que já tem quatro títulos do Rally Dakar no currículo, completou o percurso desta segunda-feira com o tempo de 2h42min02. Assim, ficou atrás apenas do português Paulo Gonçalves, que fez 2h39min02, e do chileno Francisco López, vencedor da terceira etapa com 2h37min54 – o piloto do Chile, inclusive, está agora na segunda posição na classificação geral.

Entre os carros, a vitória nesta segunda-feira foi do piloto catariano Nasser Al-Attiyah, que fez 2h30min14. Mas a liderança na classificação geral da prova voltou para o francês Stéphane Peterhansel, que tinha perdido a primeira posição após a organização aceitar um recurso do espanhol Carlos Sainz e deixá-lo na ponta antes da disputa dessa terceira etapa.

Peterhansel chegou em terceiro lugar nesta segunda-feira, com tempo de 2h34min06, atrás do norte-americano Robby Gordon (2h31min32) e de Al-Attiyah (2h30min14). Assim, ele assumiu a liderança na classificação geral dos carros, já que Carlos Sainz foi apenas o 14º colocado nesta terceira etapa, com a marca de 3h00min27 no percurso de 243 quilômetros.

Entre os pilotos brasileiros, Guilherme Spinelli é o melhor na disputa dos carros, com a 20ª colocação, e Jean Azevedo é o melhor nas motos, com o 35º lugar.

Nesta terça-feira, a quarta etapa do Rally Dakar tem um percurso previsto de 429 quilômetros de trecho cronometrado, entre as cidades de Nazca e Arequipa, também no Peru.