Com um time inteiro no departamento médico, o técnico do Atlético Mineiro, Levir Culpi, terá que quebrar a cabeça para definir quem entrará em campo neste domingo contra o Santos. Nada menos que 11 jogadores estão vetados para o compromisso, válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro e marcado para as 18h30, na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Entre os desfalques há titulares importantes como o meia Ronaldinho Gaúcho, o zagueiro Réver e o atacante Jô. “É um momento realmente anormal. Não é tão normal, mas infelizmente aconteceu. Vamos sofrer um pouquinho assim para montar o elenco e dar continuidade”, avaliou o técnico, com a ressalva de que “a maior parte deles (jogadores vetados) é vítima de traumatismos” e deve retornar logo aos gramados.

Nos últimos treinos que realizou em Belo Horizonte antes de embarcar para Cuiabá, o técnico alvinegro investiu em coletivo, segundo ele para “saber mais dos jogadores, das características deles”. “Aproveito para observar mais no campo inteiro o movimento dos jogadores para que eu tenha mais base para escalar”, disse.

E, nestas atividades, ele experimentou o atacante Carlos no lugar do volante Rosinei. Mas não quis adiantar a opção. “Os jogadores devem dormir amanhã (sábado) sabendo quem vai jogar”, concluiu.