O atacante paraguaio Derlis González deu a volta por cima no Santos neste início de temporada. No começo de 2019, tudo indicava que o jogador seria negociado e, por isso, chegou a conversar com o novo técnico do time, o argentino Jorge Sampaoli, para deixar a Baixada Santista. O Campeonato Paulista arrancou e o atleta deslanchou. Em quatro jogos, três gols e a artilharia da competição ao lado do companheiro Jean Mota.

“É melhor falar de atualmente, o que aconteceu para trás deixamos lá. Clube passa um bom momento, esperamos aproveitar isso, seguir da mesma forma e continuar da melhor forma”, afirmou Derlis González, em entrevista coletiva nesta sexta-feira no CT Rei Pelé, em Santos.

Os três gols neste ano são um recorde pessoal para o paraguaio – ele nunca havia balançado as redes em três jogos seguidos (contra São Bento, São Paulo e Bragantino). “Não me lembro de três jogos seguidos, creio que é a primeira vez com três. Fico feliz pela situação, espero que esse Santos siga e que não seja só o início, mas que termine assim. Se continuarmos assim, Santos terá muitas coisas boas nesse ano”, disse.

Dentro de campo, Derlis González tem se destacado como um dos homens de confiança de Jorge Sampaoli. Titular absoluto, comentou o sistema de jogo utilizado pelo treinador argentino, mais especificamente a não utilização de um centroavante – o Santos ainda busca um camisa 9 no mercado. O paraguaio voltou a atuar como um falso 9, posição onde fez sucesso pelo Rubio Ñú e Guaraní, de Assunção, no início de carreira.

“Usa um sistema diferente do acostumado pelo Santos em anos anteriores. Dois jogadores rápidos à frente e dificulta para os defensores. É meu caso, trato de aproveitar oportunidade e é uma posição que conheço desde que comecei, iniciei nessa posição e fiz muitos gols no Paraguai. Hoje volto a jogar nessa posição e trato de aproveitar sempre”, comentou.

O Santos volta a campo neste domingo, às 19 horas, contra o Ituano, no estádio Novelli Júnior, em Itu (SP), pela quinta rodada do Paulistão. O time lidera o Grupo A com 100% de aproveitamento (12 pontos).