O Santos corre o risco de perder Robinho por até 12 jogos caso o atacante seja punido com pena máxima na dupla denúncia apresentada pela Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), nesta sexta-feira.

O jogador foi denunciado em dois incisos do mesmo artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) por conta da expulsão na partida contra o Botafogo, na quarta-feira, pela Copa do Brasil.

Naquele jogo, Robinho levou o cartão vermelho ao simular falta nos instantes finais da partida. Na sequência, foi desrespeitoso com a arbitragem, de acordo com a súmula registrada pelo juiz Dewson Fernando Freitas da Silva.

“Após ter sido expulso o referido atleta veio em minha direção apontando o dedo ao meu rosto e proferindo as seguintes palavras: “p… tu tá de sacanagem, seu maluco”, e em seguida me puxou pelo ombro e continuou reclamando”, disse o árbitro no documento.

Cada infração ao artigo 258 tem pena prevista de um a seis jogos de suspensão. Neste caso, Robinho pode levar gancho de 12 jogos se for condenado com punição máxima em cada denúncia. O atacante cumpriria a pena inicialmente na Copa do Brasil, mas a pena poderia se estender ao Campeonato Brasileiro. O julgamento ainda não tem data definida.