O técnico da seleção espanhola, Vicente del Bosque, revelou nesta quarta-feira que pretende ter uma conversa com o atacante Diego Costa para definir se ele irá defender a Espanha ou o Brasil. E adiantou que o caso deve ser resolvido “nas próximas semanas”.

Em grande fase no Atlético de Madrid, Diego Costa é o artilheiro do Campeonato Espanhol e atraiu a atenção de Del Bosque. O atacante de 25 anos tem nacionalidade espanhola e, pelas regras da Fifa, poderia defender a seleção do país se assim quiser.

Diego Costa chegou a ser convocado pelo técnico Luiz Felipe Scolari nos amistosos da seleção brasileira em março. Mas, como não disputou nenhum jogo oficial pelo Brasil, a Fifa entende que ele pode defender a Espanha, inclusive na Copa de 2014.

Del Bosque já manifestou interesse em convocar o atacante. Mas Felipão também avisou que Diego Costa está numa lista preliminar com 45 nomes que ele considera para formar o grupo do Brasil na disputa da Copa. Por isso, a situação está agora nas mãos do jogador.

“Temos que ter uma conversa com ele. É uma situação difícil, porque o Brasil também quer contar com ele e ele precisa decidir. Teremos uma decisão nas próximas semanas”, afirmou Del Bosque, em entrevista para a tevê espanhola nesta quarta-feira.

Na mesma entrevista, o treinador de 62 anos confirmou que já chegou a um acordo com a Federação Espanhola de Futebol para continuar no comando da seleção até a disputa da Eurocopa de 2016 – seu contrato atual acaba justamente na Copa do Mundo de 2014.

“Estamos de acordo. Nos damos muito bem. Gosto da seleção, da federação”, revelou Del Bosque, que está no comando da Espanha desde 2008, período em que foi campeão da Copa de 2010 e da Eurocopa de 2012 – agora, acaba de se classificar para o Mundial no Brasil.