O zagueiro Alisson acionou o Paraná na Justiça cobrando R$ 62,5 mil. O atleta cobra valores referentes a salários, auxílio moradia e direitos de imagem atrasados, além do depósito do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Alisson ainda cobra o clube por danos morais e assédio moral. A ação foi impetrada na 18.ª Vara do Trabalho de Curitiba.

O Paraná informa que ainda não foi notificado oficialmente da ação, mas reconhece manter uma dívida com o atleta. A tendência é de que o Tricolor tente um acordo com o defensor, após receber nesta semana o dinheiro referente à verba de televisão do Campeonato Paranaense deste ano.

Na última segunda-feira (23), enquanto o técnico Wagner Lopes comandava a atividade com o grupo principal paranista na Vila Capanema, Alisson permaneceu realizando trabalhos no CT Ninho da Gralha, em Quatro Barras. No entanto, o Paraná argumenta que o jogador não foi afastado do elenco principal e que apenas seguiu uma programação diferente dos demais.

Anteriormente, Alisson já havia desabafado sobre a situação dos salários atrasados no Tricolor. “O clube está me dando as costas”, disparou. Revelado na Vila Capanema, Alisson tem negociações avançadas com o Vila Nova-GO, mas aguarda um desfecho das negociações da dívida que cobra do Paraná.