O ala/armador Leandrinho finalmente acertou com o Pinheiros (SP), equipe que vai defender durante o NBB (Novo Basquete Brasil), o campeonato brasileiro da modalidade. A informação é confirmada por fontes ligadas ao clube, no qual o jogador já estava treinando há mais de um mês para manter a forma física. O time paulistano pretendia contratá-lo para a disputa da Copa Intercontinental, em outubro, mas não houve acerto.

O contrato, assinado nesta terça-feira, tem uma cláusula que prevê a liberação imediata se alguma franquia da NBA se interessar por ele. A finalidade de Leandrinho é provar que está plenamente recuperado da lesão que sofreu no joelho esquerdo na última temporada da NBA, quando defendia o Boston Celtics. Ainda não está confirmado se há um patrocinador específico para bancar as despesas com seus salários.

Há pouco mais de um mês, o clube paulistano havia anunciado que Leandrinho havia começado a treinar no clube. “Ele não foi contratado pelo Pinheiros. Está em sua fase final de preparação visando ficar 100% para a NBA e assim poder voltar nos dar alegria e engrandecer o basquete brasileiro no exterior”, escreveu na ocasião João Fernando Rossi, diretor de esporte do Pinheiros, na sua conta no Twitter.

O ala/armador começou a treinar com bola em agosto no Paulistano (SP), chegou a trabalhar no Flamengo (RJ), mas em 15 de outubro foi incorporado aos treinamentos do Pinheiros. O ala/armador se machucou no dia 11 de fevereiro, defendendo o Boston Celtics em uma partida contra o Charlotte Bobcats. Na ocasião, rompeu os ligamentos do joelho esquerdo e precisou passar por uma cirurgia. Mesmo assim, foi convocado pelo técnico argentino Ruben Magnano para a Copa América e teve que pedir dispensa.

O Pinheiros será a segunda equipe do NBB que Leandrinho defende. Antes, durante o locaute da NBA, ele jogou pelo Flamengo. Antes de ir para a NBA, atuou por Bauru (SP). Nas categorias de base, passou por Palmeiras (SP), Continental de Osasco (SP) e Espéria (SP).