O russo Nikolay Davydenko superou o invicto sueco Robin Soderling nesta sexta-feira por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/4), 4/6 e 6/3, e conquistou a última vaga na semifinal do ATP Finals. Ele terá pela frente o suíço Roger Federer, enquanto Soderling receberá o argentino Juan Martín Del Potro.

Com a vitória desta sexta, Davydenko eliminou o sérvio Novak Djokovic, atual campeão do torneio, que torcia por um tropeço do russo para ficar com a segunda vaga do Grupo B. Soderling, já classificado, Davydenko e Djokovic terminaram a fase de grupos com duas vitórias e uma derrota cada. Mas o russo levou vantagem no set average. Apesar do revés, o sueco ficou com a primeira colocação da chave.

Davydenko e Soderling fizeram um confronto equilibrado nesta sexta. Cada tenista só obteve uma quebra de saque em 2h04min de partida. O primeiro set só foi definido no tie-break, depois que os dois tenistas mostraram bons aproveitamentos em seus serviços.

Na segunda parcial, o sueco foi melhor e conquistou a primeira quebra da partida, empatando o jogo. Mas Davydenko não se abateu e voltou melhor no terceiro set. Ele exibiu um aproveitamento de 83% com o primeiro serviço, não cedeu nenhum break point e ainda impôs uma quebra ao rival para fechar o jogo.

Os dois atletas voltam à quadra no sábado. Davydenko jogará primeiro, contra o número 1 Roger Federer, a partir das 12h15. Soderling enfrentará Del Potro às 18h45.