O zagueiro David Luiz está fora dos próximos quatro amistosos da seleção brasileira. Lesionado, o jogador do Chelsea foi cortado nesta sexta-feira pelo técnico Mano Menezes e não atuará diante de Dinamarca (26 de maio), Estados Unidos (30 de maio), México (3 de junho) e Argentina (9 de junho).

David Luiz está com um problema na parte posterior da coxa direita, mas atuou no tempo normal, na prorrogação e ainda bateu pênalti na decisão da Liga dos Campeões da Europa, vencida pelo Chelsea diante do Bayern de Munique, no último sábado. Por isso, a expectativa era de que o jogador pudesse integrar normalmente a seleção.

O tempo de afastamento do zagueiro não foi anunciado, mas ele não deve ser problema para o início da preparação para os Jogos Olímpicos de Londres, caso sua convocação seja confirmada. Ele seguirá com o elenco da seleção realizando tratamento com o médico José Luiz Runco.

PATO NÃO ENFRENTA DINAMARCA – Além de David Luiz, Mano Menezes terá outro desfalque, pelo menos para o primeiro amistoso da seleção, diante da Dinamarca. O atacante Alexandre Pato será poupado e não entrará em campo neste sábado, na Imtech Arena, em Hamburgo, na Alemanha.

Pato participou normalmente do treinamento desta sexta-feira, mas não será aproveitado por conta de seu histórico recente de lesões. O jogador do Milan não entra em campo há um mês e anteriormente vinha lutando contra uma série de problemas musculares. Por isso, será preparado para os amistosos diante de Estados Unidos, México e Argentina.

Mano Menezes já havia cortado dois atletas da lista inicial para estes quatro amistosos. O lateral-direito Daniel Alves, com fratura na clavícula, deu lugar a Rafael, enquanto Paulo Henrique Ganso passará por uma cirurgia no joelho direito, mas não teve ninguém convocado para seu lugar.