As cinco primeiras rodadas do Campeonato Paranaense foram suficientes para que quatro clubes trocassem seus treinadores. Três deles deixaram seus cargos após o final de semana: Rodrigo Casca, do Iraty; Carlos Paiva, do Operário, e Itamar Bernardes, do Paranavaí.

A mais recente dança dos técnicos também serviu para repatriar um que havia sido demitido após a 3.ª rodada do Estadual: Lio Evaristo, que iniciou no Rio Branco de Paranaguá, e ontem foi anunciado pela diretoria do Operário de Ponta Grossa, no lugar de Carlos Paiva. “Quando os resultados não estão acontecendo, tem que mudar”, justificou o presidente do Fantasma, Carlos Iurk, sem descartar que Paiva pode ser reintegrado às categorias de base do Operário. Em relação ao novo comandante, Lio Evaristo, o dirigente fez elogios. “É experiente. Conhece bem o futebol paranaense.”

Enquanto em Ponta Grossa um técnico rodado volta à ativa, em Paranavaí ocorreu o contrário. A diretoria do Vermelhinho confirmou ontem o fim da sétima passagem de Itamar Bernardes pelo clube, que atualmente é lanterna do campeonato. No lugar do treinador, que em 2003 levou o ACP invicto às finais do Estadual, foi anunciado Luciano Gusso, que no ano passado treinou o Corinthians Paranaense.

A apresentação do novo técnico do Paranavaí está prevista para hoje cedo. Apesar de ter assistido à derrota do Vermelhinho para o Corinthians, no domingo, Luciano Gusso solicitou algumas medidas para avaliar a situação. “Para o primeiro jogo, contra o Iraty (amanhã), temos praticamente um dia. Pretendo trabalhar a parte tática e bolas paradas, conscientizar e trabalhar a motivação dos atletas. Também pedi um jogo-treino na quinta-feira para conhecer todo o grupo de uma forma melhor”, disse.

No Iraty, após a saída de Rodrigo Casca, assumiu o emergente Edson Paulista. “Chegou hoje (ontem) de manhã e já comandou o treino”, afirmou o supervisor de futebol do Azulão, Odmilson Ramos. Depois de marcar boas passagens pelo Serrano, na Segunda Divisão estadual, e Grecal, na Terceirona, o ex-jogador assume uma equipe do grupo principal do futebol paranaense pela primeira vez.