O meia Cueva deve ser a principal novidade do São Paulo para o clássico diante do Corinthians, neste domingo, às 19 horas, no estádio do Morumbi, na capital paulista, em jogo válido pela primeira partida da semifinal do Campeonato Paulista. O jogador treinou normalmente nesta sexta-feira e pareceu estar recuperado de uma lesão muscular na coxa esquerda que o deixou de fora dos últimos jogos.

O peruano foi liberado pelo departamento médico e nesta sexta-feira participou dos treinos com os reservas da partida contra o Cruzeiro. Ele sofreu um estiramento no músculo posterior da coxa esquerda no dia 28 de março, na partida entre Peru e Uruguai, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. Desde então, não conseguiu voltar aos gramados.

No fim do treino, Cueva passou próximo dos jornalistas e “se escalou” para a partida. “Vou jogar”, falou, rapidamente. O zagueiro Rodrigo Caio disse, em entrevista coletiva antes do treino, que espera pelo retorno do meia, mas lembra que ele não estará 100%.

“Fisicamente o Cueva não vai estar 100%, claro. É uma lesão muscular difícil de se recuperar, mas ficamos felizes que ele esteja bem. Há dois dias eu corri com ele no campo e ele disse que estava se recuperando bem. Ficamos na expectativa para ele voltar o quanto antes”, disse o defensor.

Nos últimos jogos, o técnico Rogério Ceni tem lamentado bastante a ausência do meia, mas nega que o time seja dependente do jogador. A confirmação da presença de Cueva no clássico deve ocorrer neste sábado, quando o São Paulo realiza o último treino antes do duelo.