São Paulo – Cuca não vai revelar o time que enfrenta o Rosario Central, mas a tendência é repetir a escalação que derrotou o Coritiba domingo, pelo Campeonato Brasileiro. A idéia é ter Vélber, Danilo e Marquinhos armando jogadas para Luís Fabiano, com Grafite no banco.

Só um atacante para um time precisa vencer por dois gols de diferença? Não é essa a leitura de Cuca, que acredita que o São Paulo atacará com seis jogadores: Cicinho, Gustavo Nery, Vélber, Danilo, Marquinhos e Luís Fabiano. O treinador gostou muito do jogo contra o Coritiba, principalmente da jogada que reuniu Vélber, Marquinhos e Gustavo Nery e resultou no segundo gol, marcado pelo lateral.

Para ter a presença constante de Cicinho e Gustavo Nery no ataque, Cuca aposta no poder de marcação de Alexandre e Ramalho. São dois volantes sem saída de jogo, mas com muita força no desarme. Com eles, o poder de fogo dos laterais estaria bem protegido.

E se a situação não estiver fácil, a entrada de Grafite é a primeira opção. Ele tomaria o lugar de Ramalho, com Marquinhos recuando para ajudar a defesa, mas também saindo para o jogo. Souza, que chuta bem de fora da área, pode pegar o lugar de Danilo. Jean também pode ter uma chance, mas só em caso de desespero.