A sequência de oito jogos do Palmeiras no mês de junho deve fazer o time ter mudanças para o compromisso desta terça-feira, contra o América-MG, no Allianz Parque. O técnico Cuca contou que nos jogos recentes tem sido obrigado a conversar frequentemente com o departamento médico para saber o desgaste dos jogadores e fazer trocas no time para evitar lesões.

“Tenho tentado sempre escalar de 30 a 40% do time renovado. Coloquei jogadores que estavam ‘zerados’ contra o Santa Cruz. Vamos fazer avaliações e ver com os fisiologistas. O risco de ter uma lesão é grande em uma sequência de oito jogos por mês”, afirmou o treinador. No Allianz Parque o time conseguiu boa vitória no último sábado ao fazer 3 a 1 no Santa Cruz, chegando à liderança do Campeonato Brasileiro graças à derrota do Internacional para o Figueirense.

O treinador disse que só vai definir o time titular para enfrentar o América-MG no treino desta segunda-feira à tarde. No dia anterior, os jogadores se reapresentaram para fazer apenas um trabalho regenerativo leve. “Peço aos jogadores que eles precisam entender que no momento que não estiverem 100%, precisam ser profissionais e avisar o departamento médico”, disse.

Cuca contou que o departamento médico realiza exames detalhados nos jogadores para evitar problemas sérios e esse trabalho preveniu que Dudu atuasse contra o Coritiba sem estar em plenas condições. “Ele não jogou em Curitiba porque estava com uma hematoma, tinha o risco de agravar. Ele trabalhou e se recuperou. Se é em uma final de campeonato você até corre o risco. Como não era o caso, fizemos troca no time”, explicou.