O Cruzeiro terá a vantagem de jogar por quatro empates nas fases finais para se sagrar campeão estadual. Neste sábado à noite, pela penúltima rodada da fase de classificação, Marcelo Oliveira escalou praticamente força máxima e viu seu time vencer de virada o Tupi, por 1 a 0, no Mineirão, e garantir o primeiro lugar.

Com 26 pontos em 30 possíveis após 10 rodadas, o Cruzeiro segue invicto na competição e não pode mais ser ultrapassado pelo Atlético Mineiro, que vem em segundo, com 17 pontos e dois jogos a menos. Ficar em primeiro na fase de classificação significa ser mandante na partida de volta da semifinal e de uma possível final. E também jogar por dois resultados iguais nestas fases.

Neste sábado, só Dagoberto, Ceará, Egídio e Bruno Rodrigo, por desgaste físico, foram poupados pelo técnico Marcelo Oliveira. Os quatro não deverão ser problema para jogar terça-feira, pela Libertadores, contra o Defensor Sporting.

Mesmo jogando melhor, o Cruzeiro saiu atrás no placar. Aos 16 minutos, Toledo bateu falta com força, a bola bateu em Rodrigo Souza e enganou Fábio. Logo depois, porém, veio o empate. Luan, de lateral-esquerdo, foi até a ponta e cruzou na medida para Marcelo Moreno marcar de cabeça, no segundo pau.

Pressionando, o Cruzeiro teve diversas chances de virar, mas só conseguiu o gol da vitória aos 34 minutos da segunda etapa. Everton Ribeiro cobrou falta na área, a zaga do Tupi não cortou, e Dedé testou firme, sendo muito festejado pelos companheiros.